MENU

Virgem do Alto do Moura

Novo Portal reúne vídeos, textos e imagems sobre a Virgem do Alto do Moura: www.virgem.nadam.com.br  
Read More ›

Livro 2 materializador de sonhos

0
1253
0
O livro 2 do Materializador de sonhos está em processo. As pistas para a sua escrita vem chegando pouco a pouco. Enquanto isso, sonhos vem sendo captados e materializados. veja o blog do Livro 2 do Materializador de sonhos
Read More ›

Composteira de arte

0
870
0
Leo Liz e Grupo UM, 2013 Esta ação e instalação de Leo Liz e Grupo UM teve algumas etapas. Por cerca de 6 meses, foram feitas coletas de obras de arte estragadas principalmente em ateliês de artistas. As obras em papel foram compostadas em uma exposição e ritual coletivo na Galeria Sérgio Porto em setembro de 2013 quando foi montado um painel de 15×3 metros. Os objetos de outros matreias foram compostados pelo Grupo UM. Na exposição Rupestre Contemporâneo, foi exposto o resultado das duas compostagens. No encerramento da exposição Leo Liz fez uma ação re-fragmentando a compostagem, assinando e distribuindo para o público. colaboração: Ana Costa Ribeiro, Ana Hupe, André Renaud, André Sheik, Beatriz Lemos, Bernardo Mosqueira, Bia Morgado, Caroline Valansi, Cecilia Cavalieri, C. L. Salvaro, Cristina Ribas, Daniel Murgel, Domingos Guimareaens, Elvis Almeida, Euclides Terra, Gilda Midani, Helena Souto, Herbert, Ícaro Lira, Inês Nin, Ivo Godoy, Gilda Midani, Herbert, Jac Siano, Jairo dos Santos, Joana Cesar, Joana Lyra, Joana Taub Cseko, Jorge Soledar, Julia Cseko, Kadija de Paula, Leila Danziger, Leandra Lambert, Leo Ayres, Marco Veloso, Marcia X, Marcone Moreira, Mariana Moyséis, Marilá Dardot, Marina Fraga, Nadam Guerra, Nathalia Mello, Opavivará, Ophelia Patrício Arrabal, Pedro Seiblitz, Pedro Victor […]
Read More ›

DESMAPAS : projeto entrecorpo 2012

Veja mais sobre o projeto   , ntrecorpo
Read More ›

Moitará!

0
950
0
Trabalho em processo, Grupo UM a OPAVIVARÁ!, 2008-2015 Moitará how! Duas tribos se encontrar para focalizar e dispersar um ritual de moitará. Os ancestráis nativos trocavam colares e espelhos por árvores de Pau-Brasil com os ancestráis de portugal. Estra troca era chamada pejorativamente de escambo pelos portugueses que muitas vezes menospresavam a capacidade dos índios. A mesma troca pode ser chamada positivamente de moitará pelos índios que desde sempre souberam que a troca se dá com cada um dando o que tem e confiando que cada ser sempre recebe o que tem de receber. Esta versão remix-pop-cult-hibrid-web do ritual celebração ancestral indígena também vem sendo criada desde seu princípio como uma troca onde cada indío/artista e cada coletivo/tribo dá o dom que tem e a abundância universal os multiplica. A tribo GrupoUM e a tribo OPAVIVARÁ! Vem trocando idéias e ações no Rio de Janeiro e agora realizam este rito-ação em parceria. Acontecendo simultaneamente no em São Paulo, Londres, Paris e Israel, neste Moitará os artistas/atuantes estão longe de seu habitat, levam na bagagem sonhos, amores, idéias e uma certa quantidade de Moitará/moeda/colar para trocar. No encontro com outras povos/tribos a troca multiplica as relações dilatando o espaco. Trocar pelo […]
Read More ›