MENU

Virgem do Alto do Moura

Novo Portal reúne vídeos, textos e imagems sobre a Virgem do Alto do Moura: www.virgem.nadam.com.br  
Read More ›

DESMAPAS : projeto entrecorpo 2012

Veja mais sobre o projeto   , ntrecorpo
Read More ›

Autorretrato quando coisa

          (da série Paisagem Humana) Performance, 2009 Criação e performance: Nadam Guerra (josé carlos guerra damasceno) Duração: 15’ materiais utilizados: câmera de segurança com infravermelho, tecido, cabos e projetor de vídeo “Nu diante do público, o performer revela mundos improváveis na superfície exposta do corpo para reinventar o humano e ser a paisagem. O mais profundo é a pele.” Principais apresentações: Oi futuro RJ, MIP BH, Galeria Durex Art RJ, Centro de Arte Hélio Oiticica.
Read More ›

Ótica Abstrata

ótica abstrata / cinema manual Uma coisa é uma coisa. Uma imagem é uma imagem. Coisas não são visiveis, tudo que vemos são imagens. Nadam manipula câmeras ao vivo improvisando imagens que misturam o que é captado no momento com seu repertório objetos, lentes e artimanhas. A ótica abstrata, um cinema mais que direto, é uma performance mista de VJ artesanal, de teatro de objetos e cinema experimental. Nadam dispensa o uso de computadores e o espectador pode observar a como tecnologias artesanais convivem em harmonioso delírio e geram resultados surpriendentes.   Fotos da performance ótica abstrata na praça Luís de Camões, glória, Rio de Janeiro onde foi apresentada no festival Videurbe. Aproveitando a ocasião também foi apresentada trechos da performance Cinema de Si.  
Read More ›

Cinema de si

Cinema de si Performance, 2010 Criação e performance: Nadam Guerra Colaboração: Jaya Pravaz, Gabriela Duvivier e Michel Groisman. Duração: entre 15’ e 30’ Dimensões variáveis materiais utilizados: câmera de segurança com infravermelho, tecido, cabos e TV “O performer percorre caminhos longíncuos pela superfície de seu próprio corpo que está coberto po uma capa/bata/burca. Performance contemplativa onde se investiga os limites da compreensão do corpo pela projeção de imagens criadas ao vivo. A câmera caminha pela superfície de um corpo. Em uma tela são projetadas as descobertas desta câmera exploradora: paisagens exôticas, montanhas, vales, desertos cor de pele. Esta performance retrata um corpo desconhecido e cada vez mais desmapeado por câmeras quase endoscópicas que mais confundem que revelam.” Apresentação: MAM RJ (Festival performance Brasil)
Read More ›

Paisagem humana

Nadam Guerra vídeo da performance, 2006 O estranhamento de ser pessoa, ser homem, ser vivo, ser corpo, ser imagem, ser coisa. Uma câmera registra o performer que vê sua própria imagem projetada e alterada por filtro digital. O corpo vivo dialoga com a produção de imagens digitais de si mesmo em tempo real. Criação e Performance: Nadam Guerra / preparação corporal: Jaya Pravaz Apresentações: Panorama de dança do rio, Contemporâneo-oi futuro, Encontro de mãos-Cinemateca do MAM entre outros.
Read More ›

Cinema Manual – O longa metragem

Performace de projeção de sombras, 2004. Criação, imagem e performance: Nadam Guerra Dança: Jaya Pravaz Músicas: Luiz Eduardo Castelões, Daniel Quaranta e Pedro Luís Tema final: Luciana Colo e Nadam Guerra Direção musical: Luiz Eduardo Castelões Registro fotográfico: Débora 70 O que se disse… “Manobras maneiras entre sombra e luz! Lá onde a imagem principia Nadam manda. Muito bem !” Chacal, poeta “A idéia formada pela luz e sua ausência, como a estrutura oriental dos teatros de sombra, transposta para a grandiosidade do cinema numa linguagem sonora e visualmente contemporânea.” Luiz Alphonsus, artista plástico “Dança de luz, dança de imagem, dança de música, dança de efeitos, dança de teatro. Tudo separado e, ao mesmo tempo, unificado. (…) não é mais um corpo que dança, mas um todo que dança” Juliana Chrispim (Jornal do Brasil, 9/11/0 3- dança /crítica) “Imagine uma mistura de dança, fotografia, cinema, teatro de animação, pintura e escultura em um só trabalho. Parece demais, não? Mas é o que faz o artista plástico Nadam Guerra em sua mostra Cinema Manual (…)” Bianca Kleinpaul (O Globo on Line, 11/04/03) “Reinventou minha retina!” Thiago, estudante “Disformes formas formatam-se na fôrma da tela. A escultura de luz irrompe da escuridão […]
Read More ›